Calm Sea

PERGUNTAS FREQUENTES

QUANDO PROCURAR UM PSICOTERAPEUTA?

Alguns chegam à terapia em busca de auto-conhecimento mas, na maioria das vezes, as pessoas procuram um psicoterapeuta quando estão vivenciando alguma forma de sofrimento.
Muitas vezes chegam ao terapeuta para tratar de uma questão específica: problemas de relacionamento na família, na escola ou no trabalho. Outras ao sentirem que a vida foi inundada por um sentimento de tristeza, impotência, opressão, medo, culpa ou ansiedade. Pode ser que tenham a percepção de que nem tudo está bem, de que se fracassou nas tentativas de encontrar um caminho ou um sentido na vida, ou simplesmente porque tenham a percepção de que de alguma forma, precisam de ajuda.

QUAL O OBJETIVO DE UMA PSICOTERAPIA?

O processo de psicoterapia é sempre uma tentativa de encontrar a trama da vida do cliente. Sob esse aspecto é uma busca pela compreensão e pelo autoconhecimento do indivíduo para além do superficial, procurando entendê-lo em suas nuances e peculiaridades.
O psicoterapeuta não é um amigo, tão pouco um juíz ou educador, mas um profissional habilitado para acompanhar aquele que se dispõe à dificil tarefa da busca por si mesmo.
Seja através do enfrentamento do sofrimento, conflitos, medos, ou outras questões, a psicoterapia é, em ultima instância, a busca pelo bem estar e pelo desenvolvimento pessoal.

COMO OCORRE A PSICOTERAPIA?

Terapeuta e paciente se engajam numa reflexão a respeito das dificuldades que este enfrenta tentando compreendê-las à luz de suas vivências e de sua história de vida. A posição do terapeuta é a de escutar e trazer uma visão nova aos velhos problemas de tal forma que juntos, paciente e terapeuta, encontrem uma solução para os conflitos, medos e inseguranças. A psicoterapia porta novas possibilidades criativas à vida do paciente.

A PSICOTERAPIA É SÓ VERBAL?

Não, o terapeuta pode se utilizar dos recursos não-verbais com os quais se sente confortável para trabalhar: pintura, desenho, argila, sandplay, etc. desde que sejam aceitos pelo paciente.

O QUE SE EXPÕE PARA O PSICOTERAPEUTA É CONFIDENCIAL?

O psicólogo, em seu exercício profissional, deve seguir o disposto pelo nono artigo do Código de Ética do Psicólogo:

Art.9o.- " É dever do psicólogo respeitar o sigilo profissional a fim de proteger, por meio da confidencialidade, a intimidade das pessoas, grupos ou organizações, a que tenha acesso no exercício profissional."

O QUE É A PSICOLOGIA?

A psicologia é a ciência que tem como objeto de estudo os fenômenos psíquicos e o comportamento humano.

O QUE FAZ UM PSICÓLOGO?

De acordo com o dicionário Houaiss, a psicologia é a "ciência que trata dos estados e processos mentais" e estuda o "comportamento humano ou animal".

O psicólogo portanto, é aquele que estuda o funcionamento da mente, do comportamento humano, da cognição e das emoções. Ou seja: o que um indivíduo pensa, sente e faz.

O psicólogo clínico é um profissional que atua com as questões de saúde mental na prática clínica, tanto no tratamento de doenças mentais, na elaboração de psicodiagnósticos ou na prática da psicoterapia.

O objetivo do psicólogo clínico é sempre a promoção de saúde mental do indivíduo para que este possa ter uma boa qualidade de vida. A resolução dos problemas psicológicos significa uma vida mais plena de saúde, uma melhora nos relacionamentos e no funcionamento do indivíduo como um todo.

QUANDO PROCURAR UM PSICÓLOGO?

Quando estamos confusos há muito tempo.
Quando queremos ter maior compreensão a respeito de nós mesmos e das nossas relações.
Quando estamos vivendo um sofrimento muito grande.
Quando estamos sofrendo com sintomas não relacionados à doenças físicas.
Quando temos muitos medos.
Quando estamos muito estressados.
Quando estamos passando por um divórcio.
Quando nos sentimos impotentes com frequência.
Quando estamos passando por desconforto emocional há mais de semanas.
Quando temos problemas de relacionamentos ( em casa, com o parceiro, ou no trabalho).
Quando temos problemas de auto-estima.
Quando temos problemas de abuso de substâncias.
Quando sofremos de Transtornos Alimentares.
Quando sofremos de Transtorno Obsessivo Compulsivo.
Quando estamos deprimidos.
Quando estamos muito ansiosos.
Quando temos pânico ou outras fobias.
Quando temos outros problemas psicológicos.